DESRATIZAÇÃO

Dentre as 3.000 espécies de roedores, 03 se destacam no Brasil. São elas: Rattus norvergicus (ratazanas ou rato de esgoto), Rattus rattus (rato de telhado ou rato preto) e Mus Musculus (camundongos).

Os roedores, em geral, possuem sentidos desenvolvidos e isso contribui para sua proliferação no meio. As ratazanas e os ratos de telhado vivem em colônias localizadas em lugares bem definidos. Já os camundongos formam apenas casais que se mantêm juntos até o final da vida.

Nas colônias, o número de roedores varia de acordo com as condições do local habitado. Tanto machos como fêmeas se dividem entre dominantes e dominados. Os primeiros são mais fortes, espertos e agressivos, conquistam a preferência no acesso aos alimentos, escolha de parceiros para acasalamento e abrigos.

Os roedores exercem suas atividades, predominantemente, à noite. Iniciam a procura de alimentos ao anoitecer e fazem um repasse antes do nascer do dia. Apenas quando há superpopulação, escassez de alimentos ou situações de perigo serão vistos durante o dia.

Como os demais grupos animais, existe um processo natural de autolimitação entre os ratos, de forma que a espécie seja preservada. Os ratos conseguem conter o avanço da população com alguns mecanismos biológicos, tais como: baixa fecundidade, baixa fertilidade das fêmeas, interrupção de cio e/ou canibalismo dos recém-nascidos. Todos os mecanismos desaparecem, caso as condições ambientais tornem-se novamente favoráveis. E assim, a colônia cresce até atingir os limites de saturação.

Danos
Vantagens ao contratar a Nagasaki:
Por isso, não perca tempo e entre em contato com a Nagasaki
Dedetização, que possui experiência de mais de 23 anos em dedetização de ratos!

Desratização

Preencha o formulário e nós entramos em contato com você